O solitário sonhador 2

13:54

Arte de Tante Tati
E Sonhou.
Sonhou que era um pássaro uma vez
E voava tão longe quanto um pássaro pode ser
Longe dali, de lá, de acolá...

E voltou.

Sonhou que era muito forte certa vez.
Tão forte que seu peito nada ou ninguém o podia partir.
E, por isso, de tão forte, ficou forte só.
Sonhou que podia criar vida aquela vez.

Não, como Deus não - Deus dá sua vida.
Ele criava e destruía... Mas não destruía, só criava.
E, por isso, para ele, não criou vida alguma.
Sonhou que fazia deste Mundo um Mundo outra vez.
Nele todo mundo podia sonhar um Mundo seu.
Mas um mundo para ser Mundo assim talvez não pode ser.
O sonho tem que ser de todo mundo
Ou não vai ter sonho para todo mundo.
Sonhou que um dia, dois ou três era amado toda vez.
E, por ser amado, amou uma, duas, mais de três.
Mas pensou que o Amor sonhado se não for de Coração sangrado
O que pensou ter sonhado e amado, nunca amou ou sonhou.
Então parou.
E sonhou.
E tudo que sonhou não tornou seu sonho não sabe por quê...
E tudo que lhe era sonhado tornou seu sonho não sabe por quê...

Adams Damas



You Might Also Like

0 comentários