Fê Effen

Cogumelo de fogo

20:56

Cogumelo de fogo
Vidas em jogo
Ditador na cama
Morre quem se ama
Fim da linha...
Megaton
Sem tom
Mais rosas cálidas
Sem mais, caídas
Pra pensar


Fê Effen

Poetrix

Mundo obscuro

13:38

Da janela do seu quarto
um mundo multicolorido
meia volta e a beleza se desfaz.


Murillo Kollek

22/06/2015

Poemas em Parceria

*Uma poesia a uma musa invisível*

11:04

Sua matéria as vezes me fode
Quando não é fala
E só escrita

As linhas de meu corpo
Transbordam
No cheiro
No gosto
Do ser invisível que transita em mim

Desejo?


Transmito
Sua verdade carnal
Me
des fa ço

Perco a linha
Me
des ma te ri a li zo

Você não é minha

realizo

E volto a ser carnal
Profano
Me fudendo
Nas linhas da palma da mão

O destino

mais do que qualquer fulano
Não lhe tendo

Bruno S e Francisco Heraldo - 
16 / 04 / 2017

Francisco Heraldo

Lábios

21:58

Lábios
Seios
Buceta

Olhares
Intenção
E gestos

A solidão das horas

O riso
O choro

Nada além do próprio umbigo

A vida
A morte

Ninguém sabe tudo

Uma mente
Um corpo
Um mundo

No íntimo
A angústia
A multidão que ri
A solidão que chora

O amanhã
O porvir

Adeus

Fui
Vou
Embora.

Francisco Heraldo
15 / 04 / 2017