Onde está a diferença

21:04

Arte de Bergadder
Onde está a diferença?
Em ser brancos, pretos, amarelos
se nossos sangue é vermelho.

Nascemos nus em camas confortáveis
ou simplesmente num lugar improvisado.

Me diz onde está a diferença?
Quando nossas mães sentem dores de parto.

Posso ter todo o conforto do mundo
isolado das misérias alheias
mas as doenças malignas
não escolhem corpos apodrecidos.

Onde está a diferença?
No meu prato ter comida de ontem
e o seu a comida importada
se no final é transformada em excremento.

Onde está a diferença?
Na nossa morte?
Ter um caixão repleto de jóias
ou pedaços de madeiras velhas.

Temos tantas coisas em comum
nascemos nus, adoecemos, morremos
indo para o buraco ser pó.

Me diz:
onde está a diferença?

Me diz...

Murillo Kollek

Do livro: Augustus: Cotidiano e Urbanidade, 2009. Ed. Celta

You Might Also Like

0 comentários