Não sabia

14:58

O que eu não sabia então
Entre a tolice dos meus medos
É que era bom você beijar-me a mão
Brincando às vezes de morder-me os dedos
E que eu não sabia então
Porque não quis saber
É o que a luz ia mostrar
Em mais um triste alvorecer
Arde nos olhos um remorso tal
Bate o peito desigual
E a chuva cai lá fora
Preciosa e banal
Não ligava para flor, menina
Era o bobo e era o rei
Não sabia a minha sina
Não sabia-agora eu sei!
O que eu não sabia então
Deitado na grama contigo
Teu corpo que aceitou o meu como irmão
Daria-me as costas feito inimigo
O que eu não sabia então
Porque escolhi ignorar
É que ia te repelir
Que ia te machucar
Duro olhar-me no espelho, sim
Não existe mais jardim
Busco flores-nada encontro
Só raiva e asco de mim
Agora às margens de um rio podre
Terra infértil, areia e pó
Beijo em sonhos tua sombra
Sobre a ponte e sigo só
Eu a saudade canta em meus ouvidos
Crimes que cometerei
Só ela fica das coisas belas...
Não sabia-agora eu sei!

Claudinei Soares

You Might Also Like

0 comentários