Projéteis contra nuvens ociosas

15:03

Arte Unsplash
Notícias de terras distantes
ausências sentidas do nada
crimes paralelos sarcásticos:
ontem homens plantaram sementes
regadas pela melancolia da alma.

Mortos Apedrejados no escuro
voltam pelas ruas decoradas
antenas interferem nos relacionamentos
não se faz acasalamento intermediário
a vida está presa ao presente.

Mudaram os hábitos dos poetas
desejam apenas bens monetários
precisam de algo que sustentem o corpo
as vacinas não criaram imunidades
todos querem um espaço sólido.

Mulheres desgovernadas e mal entendidas
sofrem colapsos nervosos e embaraçosos
criados pelos homens hipócritas
valores não são pecaminosos.

Inventaram outras histórias.

João Arruda

You Might Also Like

0 comentários