Desço a estrada vermelha

21:20

Arte de Unique Design 52
Desço a estrada vermelha
poeira nos olhos
pedras
     buracos
obstáculos
meu anjo sorri
sobe a ladeira sem despedir
anseio seu corpo
                 abraços
                 beijos
troca de olhares
         carícias
                 afagos
entendo seus sinais
em seus abraços
          torno-me adolescente
                    com seus beijos
meus sentidos arrebatados
          em silêncio
nossos corpos comunicam-se.

Murillo Kollek    
29/12/2012

You Might Also Like

0 comentários