5:05

09:27

Estou nessa praça
Quanto
Tempo
Tem?
Estou
Meio sem graça
E é claro
Que você
Não vem.

Não tem muito para ver
Pouca sombra
Pouca luz
Pouca cor
Dá para escolher
No ton sur ton
Desse horizonte
Nem tão mau
Nem tão bom.

Estou
Sentado
aqui
Os pés
Se apontam
Se culpando
Não vejo o tempo
Que passando
por voltas loucas
De alguma esfera
Dissesse olha
São cinco e cinco
Ela não vem
Ela não pode
Ela não tem
Ela é assim
E esse é o fim
Da sua espera.

Milho na mão
Pombo nenhum

Quanto tempo tem?
Sei lá.
Não tem tempo aqui.
E eu espero em mim
Espero em mim
Por ti.


Claudinei Soares

You Might Also Like

0 comentários