O vacilão

10:59

Puxa... Eu sei lá
Eu já fiz? Já errei?
Olha, me desculpa
Esse ser esse estar
Com o qual não luta
Meu fazer meu pensar
Puxa... Lá no céu
Lá no chão
Longe e triste
Puxa... Tolo eu sou
Vacilão
Me cortei com a faca
O queijo me
Caiu da mão
Não tenho solução
Vem
Dizer qualquer coisa de ti
Falar qualquer coisa de mim
Sentar nessa cadeira só
Eu sou um Arlequim
Vem
Quebrar o que eu não quebrei
O que restou ao chão lançar
Viver cê sabe que eu não sei
Já não será o fim
E eu sei lá
Quem sabe o que o sangue gera
O que o pranto lava
E no amor
Que já não tem
Eu volte à ser alguém?
Puxa... Vai passar?
Duvideodó
A sorte é uma bruxa
Já tentei, já falhei
Vira e mexe e luxa
Osso e fé carne e luz
Olha, me desculpa
Não vencer
Nem crescer
Não ser nada
Puxa...
Não importar
Não valer
Não vejo o que fazer
Vem
E bate á porta com furor
Fala meu nome uma vez mais
Razoe sobre o contumaz
Deste meu estupor
Vem
E diz que eu sou só isso aqui
Que eu nunca hei de ser melhor
Que sabe o que eu direi de cor
E eu não te esqueci
É o que eu vou pensar
E eu sei lá
O que dor me toma
O amor próprio
A sensatez?
Resultando a soma
No bebê
Que a gente não fez
Quem sabe assim
Eu renasça outra vez?

Claudinei Soares

You Might Also Like

0 comentários