Surpresas do Coração

12:45

Arte de Ganapathi Brahm
Sou poeta,
atravesso a escuridão
vejo luzes na neblina
talvez seja o efeito do conhaque.

Não sinto gozo nem tormento
apenas dor de cabeça
um pouco de cansaço nas pernas
uma pequena lesão no coração.

Se desmorono ou se edifico
continuo com a garrafa na mão
as pernas cambaleiam, mãos trêmulas
não sei, não sei.

Tem sangue eterno à asa ritmada
possuo tinta espalhado no papel
e uma linha horizontal que às vezes é vertical:
- mais nada.

Murillo Kollek

Da revista Laboratório de Poéticas, Nº 1, 2005 - Ed. PMD

You Might Also Like

0 comentários