E ainda acha que é poeta?

15:13


Arte de Falco
Mesmo sem beber  
embriaga-me em tua pele aveludada  
faço versos em teus olhos  
sonho deslizando suas mãos em meu corpo.

Não percebe o tempo 
rugindo magnetismo  
a flor desfolhada  
tua virginal pureza um dia me pertencerá.

Mesmo buscando vários amores  
ainda busco teu amor emprestado  
ainda que por momento  
tenho que fazê-la parte dos meus sonhos.

E ainda acha que é poeta!?

Murillo Kollek, Ely Pires, Francisco Heraldo & João Arruda

You Might Also Like

0 comentários