Em qualquer terra que seja

16:00

Em qualquer terra que seja
Quem tem grana é rei.
Tenho grana e faço a lei
Pra comprar o que comprei
Nem te conto o que vendi.

Diamantes na lapela
Musas da passarela
Bugatti, barco a vela
Bvlgari, Givenchy
Na taça o mosto do mundo
É sujo- mas não importa
Eu tenho a chave e a porta
Deus mora confortavelmente
Num templo que construí

É feio- mas ninguém liga
Abjeto- ninguém se enoja
O produto eu vendo na loja
Para quem eu prostitui
Eu mato e enriqueço
Destruo e me estabeleço
É lixo mas eu dito o preço
É falso- mas e daí?

Claudinei Soares

You Might Also Like

0 comentários